Desabilitar Loading...

História do Santuário Santo Antônio

História da Igreja

Berço, Raiz, Fonte. Palavras que servem para evocar uma história repleta de simplicidade, beleza e porque não dizer, da graça de Deus. Este é o início da Paróquia Santo Antônio, nascida de uma linda história de amor, entre o povo simples do bairro e os frades franciscanos, recém-chegados da América. Pessoas de uma simplicidade encantadora, ansiosas por um local onde pudessem louvar e agradecer a Deus pólo dom da vida e frades igualmente simples em suas batinas franciscanas, se encontraram, em 1947 e deram início ao que viria ser o Santuário de Santo Antônio.

Os frades, da paróquia de Sant´Ana, que atendiam ao bairro, movidos pelo desejo de favorecer a educação das crianças construíram no terreno doado delo Sr. Antonio Xavier Nunes, uma Capela e ao lado, uma Escola. Frei Celso Hayes, à frente, pedreiro cisterneiro e outros. Começaram a cavar buracos e levantar paredes. E no dia 1º de junho de 1947 a capela, que recebeu como padroeiro o grande santo franciscano, Antônio de Pádua, estava sendo inaugurada.

E a 22 de março do ano seguinte a Escola Paroquial abria suas portas tendo à frente as valorosas irmãs franciscanas, também americanas, Irmãs Rosalima e Verônica. Grandes franciscanos passaram por ali e deixaram a marca de sua luta amorosa na criação de uma comunidade viva: Freis Benedito, Domingos, Inácio, Cormac Finnegan estiveram à frente. Tantos outros os auxiliaram! A Capela tornou-se Paróquia em 11 de fevereiro de 1961, por decreto do arcebispo de Goiânia, Dom Fernando Gomes dos Santos.

Comunidade adulta, paroquianos nobres e engajados, frutos de boa semente, agora já possui quatro capelas na cidade: N. Sra de Fátima, S. Pedro e S. Paulo, S. Lourenço e S. Luzia e várias no interior. Tendo os franciscanos passado a Paróquia para a diocese, Dom. Apaminondas José de Araújo a entregou aos padres espiritanos, João Verbeek e Tiago Roothans. Também outros sacerdotes espiritanos deixaram aí o seu legado.

Mais uma vez entregue a Diocese, a apróquia passa as mãos de outros vários pastores. O Atual vigário, Pe. Joaquim Pinto Magalhães Filho, tomado de amor pela Paróquia, a assumiu e com braço valoroso e zelo de pastor reconstruiu a Igreja que foi elevada a condição de Santuário. A cerimônia de dedicação do Santuário de Santo Antônio foi realizada por D. Manoel Pestana Filho no dia 15 de julho de 2000. Por tudo, demos graças.